Com apoio de veteranos do Flamengo, Gabriel Batista celebra sequência: "Não estou aqui à toa"

Com apoio de veteranos do Flamengo, Gabriel Batista celebra sequência: "Não estou aqui à toa"

De terceiro goleiro a titular em poucos dias, Gabriel Batista vem contando com o apoio de seus colegas mais experientes para ficar cada vez mais confortável na equipe do Flamengo. O jogador de 22 anos emplacou sequência de três jogos consecutivos pela equipe no Campeonato Brasileiro, deve continuar no time na partida contra o Ceará e garante que está preparado.

- Estou no profissional há três anos, trabalhei com diversos goleiros. Queria agradecer a confiança que o grupo tem me passado, que o professor Dome e o Wagner (treinador de goleiros) têm me passado também, isso é muito importante para mim. Tem sido bem tranquilo, estou acostumado, não estou aqui à toa. Sei como é a pressão do Flamengo, sei como é jogar no Flamengo. Estou preparado cada vez mais para essas oportunidades - afirmou o goleiro ao ge.

Gabriel assumiu o gol após Diego Alves e César testarem positivo para Covid-19. Contra o Bahia, falhou no segundo gol do time adversário, mas também mostrou bom jogo com os pés e reflexos. Diante de Fortaleza e Fluminense, esteve mais seguro.

Um dos segredos são as conversas constantes com os veteranos. Após o clássico com o Fluminense, por exemplo, Gabriel conversou com Diego Alves.

- Cesar e Diego têm me passado bastante confiança, mandam mensagens desejando bons jogos. Passando tranquilidade para executar as coisas na partida. Falo mais com o Diego, já falei com ele sobre o jogo contra o Fluminense, perguntei como ele está, porque é um cara que considero um amigo além do âmbito de trabalho. Infelizmente tiveram essa doença, mas daqui a pouco estarão de volta para nos ajudar mais ainda - completou.

Para Gabriel, com o passar dos jogos, foi possível ter uma evolução no gol. Ele acredita que com mais ritmo de jogo poderá elevar seu desempenho no Flamengo.
- A evolução nos jogos está acontecendo. Acho que todo goleiro precisa de ritmo de jogo, comigo não é diferente. Com o passar dos jogos, a gente vai adquirindo mais confiança e diminuindo a margem de erro. Estou feliz por estar atuando, sabendo que tenho muito que evoluir ainda.

O Flamengo enfrenta o Ceará no domingo, às 18h (de Brasília), na Arena Castelão, em Fortaleza. A partida é válida pela décima rodada do Campeonato Brasileiro.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter