Empresária morre e homem fica gravemente ferido após serem atropelados em avenida de Araguaína

Empresária morre e homem fica gravemente ferido após serem atropelados em avenida de Araguaína

Na madrugada deste domingo, (21), dois pedestres foram atropelados na avenida Castelo Branco, em Araguaína. Deuzilmar Machado Chaves, conhecida como Deuza Machado, de 51 anos, não resistiu e morreu no local. Ela seria dona de um salão de beleza na cidade.

Um homem, de 35 anos, nome não informado, ficou gravemente ferido. Segundo a Polícia Militar, ele teve fratura nas duas pernas, em um dos punhos e um corte profundo na cabeça.

A colisão foi por volta das 5h10, perto do fórum de Araguaína. A PM disse que foi acionada para atender a ocorrência e ao chegar ao local, o motorista de um dos veículos relatou que estava trafegando na avenida, quando parou para dar passagem a outro veículo, que vinha no sentido contrário da via.

Nesse momento, segundo os relatos, um veículo de cor branca em alta velocidade bateu na latera do carro que estava parado e depois atropelou dois pedestres, que atravessavam a rua.
Conforme as testemunhas, o condutor responsável pelo atropelamento, não prestou socorro às vítimas e fugiu do local.

O corpo da mulher foi levado para o IML de Araguaína e deve ser liberado neste domingo para velório e enterro. A perícia compareceu ao local para colher as provas, que embasarão as investigações sobre o caso. 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter