Para conter avanço de COVID-19 Prefeito restringe atividades que causem aglomerações em Presidente Kennedy

Para conter avanço de COVID-19 Prefeito restringe atividades que causem aglomerações em Presidente Kennedy

Presidente Kennedy já teve 259 infectados com COVID-19, são 51 casos monitorados, 20 suspeitos e 27 em tratamento

O Prefeito de Presidente Kennedy Batista Cavalcante promulgou nesta segunda-feira, 22, novo decreto para tentar barrar o avanço dos novos casos de pacientes contagiados com o novo coronavírus no município.

Conforme o novo decreto, durante o período do dia 23 de fevereiro a 02 de março fica proibido o funcionamento de bares, distribuidoras de bebidas, conveniências e afins. restaurantes, padarias, lanchonetes, pitdog, e os estabelecimentos devem funcionar com o sistema de entrega ou a retirada no local, de maneira organizada para não causar  aglomerações sem que existam consumos no local.

Quanto aos cultos e atividades religiosas nos templos ficam suspensos os cultos, missas e encontros, durante esse período, assim como atividades físicas em locais públicos ou em propriedade privada e qualquer atividade que resulte em aglomeração em Presidente Kennedy.

Serviços Essenciais

O decreto permite que estejam em funcionamento os estabelecimentos comerciais, farmacológicos, unidades básicas de saúde, consultórios médicos, odontológicos, desde que os funcionários usem obrigatoriamente máscaras, assim como os consumidores para adentrarem o estabelecimento, os proprietários ou responsáveis pelos comércios deverão disponibilizar higienização adequada na entrada e na saída das casas de comércio para todos os consumidores.

Serviços Públicos

Os serviços públicos não serão penalizados, nem as atividades de prestação de atendimento aos cidadãos.

Os órgãos públicos funcionarão com atendimento ao público reduzido, no método de escala de funcionários, disponibilizando na entrada de cada repartição os itens para higienização das mãos, com a entrada permitida somente de pessoas usando máscaras, com limitação de pessoas por vez.

Penalidades

De acordo com o decreto, o descumprimento das medidas acarretará no acionamento das forças policiais, e aos órgãos do poder judiciário, para que os desobedientes sejam responsabilizados nas esferas cíveis e criminais assim como o proprietário do estabelecimento.

A prefeitura já solicitou suporte de contingente policial para auxiliar nas fiscalizações que terão início amanhã.

Com a palavra o Prefeito

O Prefeito Batista Cavalcante informou que “busca promover de forma equilibrada a contenção do avanço de novos casos dessa doença que tem assolado o mundo todo, nós só estamos atendendo a necessidade de tentar barrar que esse vírus circule em nossa cidade que não possui condições de suportar um surto de COVID-19, pois a nossa saúde tem apenas suporte para a atenção básica. O decreto é uma maneira de fazer com que nossa população se resguarde do contágio.”

Presidente Kennedy já teve 259 casos de pacientes contagiados com o COVID-19, onde 03 deles vieram a óbito, 51 casos estão sendo monitorados, 20 suspeitos e 27 casos ativos no município de acordo com o último boletim epidemiológico.

“Vamos juntos, com muita determinação e força de vontade, vencer essa ameaça que ronda Presidente Kennedy e os demais municípios do país e do mundo todo.”  Finalizou o Prefeito Batista Cavalcante

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter