TORTURA: Sogra obriga a nora a se prostituir para ficar com o dinheiro, caso termina em prisão no Tocantins

TORTURA: Sogra obriga a nora a se prostituir para ficar com o dinheiro, caso termina em prisão no Tocantins

Uma mulher de 38 anos foi presa pela Polícia Civil em ponte Alta do Bom Jesus, sudeste do estado, suspeita de manter a nora de 17 anos em cárcere privado e obrigá-la a se prostituir. O filho da mulher, que era companheiro da vítima, também foi preso.

As prisões foram feitas em cumprimento a mandados de prisão preventiva.
Segundo a polícia, os dois são suspeitos de maus-tratos, cárcere privado e favorecimento a prostituição. O delegado Márcio Duarte Teixeira informou que as investigações começaram após o Conselho Tutelar de Ponte Alta denunciar os crimes.

Os agentes foram até a casa dos suspeitos na última quarta-feira (12) e verificaram que a adolescente de 17 anos e a filha dela, uma menina de sete meses, estava sofrendo maus-tratos. Após o depoimento da vítima e de testemunhas, a polícia concluiu que a menor era impedida de sair da casa e visitar os parentes, além de ser obrigada a fazer trabalhos forçados e ser constantemente agredida pela sogra. A jovem também era obrigada a se prostituir.

A adolescente e a filha dela foram levadas para o Hospital Municipal de Ponte Alta do Bom Jesus, onde foram constatados os maus-tratos. Depois, foram enviadas ao Hospital Dona Regina, em Palmas. Ainda segundo a polícia, no mesmo dia foi solicitada a prisão dos suspeitos. Nesta quinta-feira (13), os mandados foram expedidos e a polícia voltou a cidade para prender os suspeitos. Em interrogatório, a mulher confirmou que praticava violência física contra a adolescente e a obrigava a se prostituir em troca de dinheiro. Ela e o filho foram levados para a cadeia.

Fonte: G1

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter